As Incursoes da China na América Latina e Atlántico Sul

ruta de sedaDuarte, Paulo. Este artigo visa contribuir para aumentar o conhecimento sobre a importância da América Latina e do Atlântico Sul no quadro da Nova Rota da Seda da China.

O principal argumento reside no fato de existirem vários interesses logísticos, econômicos, bem como securitários, que explicam o interesse de Pequim nestas duas regiões, menos estudadas em comparação com outras áreas onde a Nova Rota da Seda chinesa é mais ativa.

O método qualitativo, através da análise hermenêutica, é a metodologia em que se assenta a presente investigação. A partir da análise desenvolvida, são elaboradas algumas críticas e sugestões geoestratégicas ao Governo chinês, a fim de explorar melhor as oportunidades e benefícios que o Atlântico Sul pode apresentar para a Nova Rota da Seda chinesa, inspirados pela crença de que o século XXI não será necessariamente um ‘século Pacífico’, pode muito bem ser Atlântico.

Quanto à América Latina, considera-se pertinente a busca da China por ampliar seu soft power e transparência a fim de evitar ou mitigar suspeitas sobre alguns dos seus projetos na região.

Duarte, Paulo.. Doutorando em Relações Internacionais na Université Catholique de Louvain, Bélgica, e investigador no Instituto do Oriente, Lisboa BJIR, Marília, v. 5, n. 1, p. 97-123, jan/abr. 2016

As Incursoes da China na América Latina e Atlántico Sul

 

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s